Juno

Juno é a esposa de Júpiter e rainha dos Deuses, equivalente a Deusa Hera do panteão grego, é representada pelo pavão, sua ave favorita. Íris era sua servente e mensageira. O sexto mês do ano, junho tem esse nome em sua homenagem. Juno e Júpiter tinham quatro filhos, Lucina, Deusa dos partos e gestantes, Juventa, Deusa da juventude, Marte, Deus da guerra e Vulcano, o artista celestial, que era coxo, Juno sentia-se tão aborrecida ao vê-lo que atirou-o para fora do céu. Outra versão diz que Júpiter o jogou para fora, por este ter participado de uma briga do reinado do Olimpo com Juno, deixando-o coxo com a queda.

Juno possuía muitas rivais, entre elas, a bela Calisto, que Juno, por inveja da imensa beleza que conquistara seu marido, transformou-a numa ursa. Outra de suas rivais foi Io, que Júpiter, ao sentir a presença de Juno, transforma em uma novilha, Juno, desconfiada, pede a novilha de presente, Júpiter não podia negar um presente tão insignificante a sua mulher, então, pesaroso, entrega a novilha a Juno que coloca-a sob os cuidados de Argos Panoptes, um monstro de muitos olhos, e tendo tantos, nunca fechava mais que dois para dormir, vigiando Io dia e noite Júpiter, perturbado pelo sofrimento da amante, pede à Mercúrio que mate Argos, com músicas e histórias, Mercúrio consegue fazer com que Argos feche seus 100 olhos e nisso corta sua cabeça fora, Juno entristecida recolhe seus olhos que haviam perdido toda a luz e coloca-os na cauda de seu pavão, onde permanecem até hoje. Enfurecida, Juno persegue Io por muitas partes da terra até que Júpiter intercede por ela prometendo não dar mais atenção à Io. Juno concorda devolvendo-lhe a aparência humana.

Juno rege Junho –
Esta Deusa Romana, que dava o nome ao quarto mês do antigo calendário Romano, é a protetora da mulher, da maternidade, dos casamentos e dos nascimentos. Por isso, Juno convida-nos durante este mês a comprometer-nos no que diz respeito ao amor e, inclusive, ao casamento. Além disso, no dia 24 celebra-se o solstício de Verão, que é uma festa para os amantes, para adivinhar o futuro, para acender fogueiras nas quais se deve queimar o velho e começar uma nova vida.

Juno Deusa de Junho

Deixe um comentátio!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s